Queremismos Atos

Quantos quereres!
os meus haveres
são todos teus…

tantos prazeres
nos teus quereres,
sou eu ateu?

nos meus viveres
tem teus quereres,
quem prometeu?

somos amperes
e o que queres?
Sou eu Leteu(1)?

Mesmo que geres
novos quereres,
serei eu teu Mantéu(2)?

Quero que imperes,
nos meus quereres
pra ser teu eterno Cartel(3)…

——-
(1) do Lat. lethaeu, relativo ao Letes, rio fabuloso do esquecimento; mortífero; infernal.
(2) do Fr. manteau, lugar onde se pronunciavam os oráculos.
(3) do It. cartello, cartaz, carta de desafio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: