Olhares de Líbano – XI

(Photo by Alyasiyyah)

XI – Ramos de Novembro

Quimeras, musks e sândalos,
Uma mulher perfeita!
Envio-te meus mensageiros.
Recados dizendo de amores!
Os meus recados todos são assim…

Queira aceirar meu perfume
Úmidos em tua alma,
E envies-me teus sonhos!

Sonhas com flores nas varandas
Enfeitadas de multicores?
Jardins suspensos te farei,
Além dos jardins que existem1
Somente e unicamente para ti!

Meus planos estão na tua formosura!
Invejado nos tristes pagãos…
Não chores por mim, minha amada,
Hoje estarei ao teu lado
Afagando teu coração!

Meus olhos choram por ti,
Uma chuva de lamentações,
Lamentos, por que existem?
Hoje estarei cavalgando…
Encontros? Já posso imaginar:
Rostos, bocas e olhares a se beijarem!

Amanhã serei teu perfume,
Mesmo que eu lute sem tréguas…
Amanhã, olhares e amores,
Depois as nossas histórias,
Amantes, um dia lerão!

(Nov: 09, 2004)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: