Fagulhas

Invernos! Vivi invernos!
Se o frio que sofro é saudade
Meus textos já não são eternos
Amamos e nunca foi tarde!

Crescemos fingindo paixões
Num tempo que amei de verdade
Deixamos o amor pra depois
Sem ter uma vida que agrade!

Queimamos invernos tão sós
Em quartos tão frios de dor
Lembranças viraram torpor…

Em quadros pintados por nós!
Quisera eu ser teu inverno
E em teu calor ser eterno!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: