Faz-de-conta

ssa-faz-de-conta.jpg

E todos já sabem:
Vão respirando bem fundo!
E não desagradem!

Sempre que eu contar
“um e dois e três… agora!”
podem se arrumar!

Parecem ventríloquos!
Que não esquecem da cena
D’últimos capítulos!

E foi, simplesmente,
Como pessoa que veio
Embora, descrente!

De mala em mala
Saiu fazendo novelas
Num texto sem falas!

Os outros a viam
Com’uma boba da corte:
Fazendo gracinhas!

Quando se faz pronta,
Atirou pela janela
O seu faz-de-conta!

(Abr: 12, 1986)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: