Conjugações: Um Gesto Eterno do Amor! – V

V – As Cantigas de Mulher

Sei que tu és contemplada
Com todas as estações…
E cantas sempre um cântico novo,
E sabes podar uma flor
Sem que a machuque!

Amaldiçôo-me
Por não entender teus mistérios!
E risco todas
As promessas num sonho tropical!
A lua num medalhão de quarto crescente,
Faz-se pingente,
E não sabe,
Pois perco a chance
De bailar com os vaga-lumes
Em tuas noites serenas
E singelas,
Esperando ouvir as melodias
Que vem do teu coração!

Perdi meu tempo
Tentando encontrar
Um lugar,
Mas tens tantos lugares!!

Ajoelho-me só em imaginar
Quão sagrado é o bailar
Do teu corpo!

E tu bailas em minhas mãos…
Bailado inocente de mulher,
Fabricando sonhos
Em frente à lareira!

(Dez: 11, 1999)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: