Conjugações: Um Gesto Eterno do Amor! – III

III – A Importância da Mulher

Quero chorar com teu choro
Na música tocante da vida!
Luz ofuscante nas guaridas,
Minha sede se cede
Em teus lábios!
Mulher, Senhora,
Musa das mudas.
De tantos momentos febris
Que se atiravam como pedras
Num rio,
Amparastes-me!

Claridade sublime que me faz
Ter ciúmes do aroma de tua geração!

É mal-dizer com palavras
E símbolos que este tatuar
Frágil de mulher
Um dia terás que ir…
E não vais mais parir…
E então irás parar o tempo…

Irá continuar tua fragrância
Em minha pele,
E a cada dia um ressurgir
De imagens!

O cheiro das manhãs
Me dão saudades,
Porque não retribuo
O quão és importante para mim!
És o meu Pão!
És o meu Vinho!

(Out: 08, 1999)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: