Traços de Mulher (Tango Perfumado)

Perfume raro!                               Fragrância rara!
Ah! Tuas noites!                       Ah! Teus sonhares!
Me sondas noturnamente,  trata-me com zelo…
Não me deixas ir…              … indo, quando voltarei?
Manhãs parecem longas…    manhãs são tuas costas
Ao beijar-te me encontro!       Ah! Manhãs…

Seguras minhas mãos…           Ah! Tuas mãos!
Não fico triste.                          Pergunto a ti:
Amaste-me ontem?               Amas-me hoje?
Qual o teu perfume ?           Revela-me teu corpo, por favor…
…não pela metade!             Entregues meu coração
que sussurra ao frio…         calor necessito!
Imploro-te calor                      Imploro-te amor!
Não negues a porta…                  deito em tua boca
Um beijo insaciável do desejo! Aquele que me tomaste um dia!

Grito às fragrâncias… …          Todos os perfumes que me escutem:
A minha musa, onde estás? Articulas palavras sem sentido?
Não! Se tenho rascunhos,     reino em teu reino!
Se dialogo com o vento,         dialogo com os caminhos,
As folhas caem, ventos            e pensamentos se seguem…
Não mais as lágrimas!             Longe estão os caminhos perdidos…
Perto estão as varandas…        lentamente o perfume teu se dissipa…
Ambientando meus pensares, imaginando as tuas raridades de mujer!

(Jan: 20, 2008)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: