Iod-Hê-Vo-Hê!

Fico calado, mas isso só não basta!
Bolso cálido vazio fica traindo…
Sempre vejo e a vida se desgasta!
Viram hortênsias e murcham se esvaindo…

Tenho um álibi que se faça partir!
Um pão que não comeram depois da Ceia,
O bolso pálido já tenta dividir:
A esperança que em tudo se baseia!

E só assim o meu calar já não basta!
Imploro com humildade o que semeias:
A cana e o trigo que tu me presenteias!

De júbilo te exalto entre as nações,
‘gradecendo tudo mesmo qu’eu pequei!
Tu És, o meu Pai, o meu Senhor, e Rei!

(Jun: 17, 1997)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: